Home Empreendedorismo Como montar uma Clínica Veterinária

Como montar uma Clínica Veterinária

0
Compartilhe
Como-Montar-Clinica-Veterinaria

De acordo com a ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) o Brasil é o segundo maior país do mundo no mercado pet, levando em conta que somos a sétima economia mundial. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião pública e estatística (IBOPE) mostra que 59% das residências tem algum animal de estimação. Levando em conta os dados de mercado, o setor pet tem grande potencial para investimento. Então se você empreendedor (a) ainda tem dúvidas de como montar uma clínica veterinária, veja abaixo os principais passos a serem seguidos:

Como legalizar o seu negócio?

Ao abrir uma clínica veterinária, você pode optar por atuar sozinho, ou com um ou mais sócios. Dessa forma você definirá se terá um registro como autônomo ou como societário. Como associado você pode optar pela sociedade simples, ou pela sociedade limitada.

Para realizar a abertura da empresa é indispensável o auxílio de um contador profissional, legalmente habilitado, pois com seu conhecimento da legislação tributária, ele saberá mostrar qual o melhor caminho para o seu negócio. Para legalizar sua empresa será necessário:

  • Registro na junta comercial;
  • Registro Prefeitura Municipal, pois apenas eles podem liberar o alvará de funcionamento;
  • Registro na secretaria da receita federal, para obter o CNPJ do seu negócio;
  • Registro pela caixa econômica no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”;
  • Registro no Corpo de Bombeiros Militar, pois é o órgão responsável pela vistoria, aprovação para checar se seu negócio está dentro das normas de segurança e autorização do funcionamento público;
  • Registro na Entidade Sindical Patronal;
  • Registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

Como montar uma clínica veterinária?

Procure montar uma estrutura física agradável visualmente, e que auxilie no bom funcionamento do seu negócio. Mantenha o conforto dos animais e de seus donos, invista na segurança e atendimento de qualidade. Além desses pontos principais para o funcionamento da sua clínica veterinária, ela deverá conter:

  • Sala de atendimento – recepção, sala de espera e consultório;
  • Setor cirúrgico – sala cirúrgica, sala de esterilização, antissepsia, sala de preparo e recuperação do paciente;
  • Setor de internação – acomodações individuais, sala de isolamento para doenças infectocontagiosas;
  • Setor de suporte – lavanderia, almoxarifado, sanitários e setor de estocagem de medicamentos.

E principalmente cuide sempre da limpeza, por ser uma clínica é ideal que a higiene seja impecável, por ser um local de risco de infecção e um local sujo atrai críticas negativas, e afasta os clientes.

Como escolher os funcionários?

Cada cliente tem uma expectativa individual, e seu principal desejo é o bem-estar do seu animal. É importante ter uma equipe que transmita confiança, segurança, empatia, e acima de tudo respeito. Então é necessário que o empreendedor saiba recrutar, pois cada função tem suas exigências.

Médico veterinário

Para a abertura desse negócio é obrigatório a presença de médico veterinário. O exercício de sua atividade só pode ser autorizado mediante apresentação da sua inscrição no órgão de classe, e carteira profissional emitida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Auxiliar de Veterinária

As principais responsabilidades do auxiliar de veterinária são controlar o estoque de medicamentos e vacinas, checar os vencimentos, realizar o controle diário dos produtos, realizar o monitoramento dos animais em caso de internação, realizando procedimentos necessários, e passar para o médico-veterinário os eventuais problemas.

Recepcionista

É a pessoa responsável pelo encaminhamento dos casos clínicos aos médicos especialistas, organização de arquivos, recepção dos clientes e pacientes, realização de cadastros, agendamento de consultas, exames e cirurgias.

Serviço Comum

Caso sua clínica ofereça serviços como banho, tosa, higienização e outros, é necessário a contratação de profissionais qualificados para as áreas.

Saiba como escolher o local certo

O ideal é que você realize uma pesquisa de mercado e certifique-se que o lugar que você escolheu é o apropriado. Conheça o bairro, a vizinhança, o custo de vida, identifique em média a quantidade de animais de estimação próximos da região, se são muitos ou poucos. Procure negócios semelhantes na região e conheça sua possível concorrência. Conhecer seu público e seu concorrente é vital para o sucesso de sua empresa. Então, procure não instalar seu negócio em uma região de pouca demanda e difícil acessibilidade.

Conheça seu público!

Depois de definir a localização do seu negócio, trace um perfil de cliente, e procure sempre atender ás suas expectativas para oferece-lo uma ótima experiência, dessa forma, ele colocará o seu negócio na frente de outros. Por isso a recepção, o trabalho em equipe, contam muito nessa hora, pois transmite confiança, e satisfaz o cliente.

Estude o seu concorrente

Antes de montar sua clínica veterinária, visite os negócios nas redondezas e estude seus concorrentes, tente identificar os pontos positivos e negativos, e procure estar sempre inovando, e oferecendo serviços diferenciados, que os seus concorrentes ainda não apresentaram. Procure sempre deixar o seu negócio a frente, dessa forma sua clínica sempre estará em primeiro lugar para os clientes.

Além disso, o custo benefício conta muito nessa hora, procure manter uma faixa de preço acessível, mas que condiz com o serviço que você oferece, assim o seu negócio sempre será a primeira opção dos clientes.

Gostou das dicas? Comente abaixo, sua opinião é importante para nós!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here