Home Lucros Cortando gastos e aumentando lucro

Cortando gastos e aumentando lucro

0
Compartilhe
Cortando-gastos-e-aumentando-lucro

O tema cortar gastos é interessante por vários ângulos. A primeira ideia seria: cortar gastos ou aumentar faturamento?

Ninguém fica rico cortando gastos da empresa e nem mesmo de casa. Para se ficar rico, se este é seu desejo, o que se tem a fazer é aumentar o faturamento.

Se seu faturamento for, por exemplo de 50 mil reais por mês, com lucro de 7 mil reais, ao se cortar gastos e aumentar seu lucro para 10 mil reais (aumento de 42% de lucro!), você ficou rico? Certamente que não.

Mas e se seu faturamento passar a ser de 100 mil reais por mês, com lucro agora de 15 mil reais? Veja, você passou de 7 mil reais de lucro para 15 mil reais.

É possível, factível, e vejo isto ocorrendo a todo momento com microempresários.

Mas…existem muitos empresários que faliram a empresa porque não controlaram seus gastos. Ou seja, o assunto é interminável.

Mas o título é cortar, logo, vamos começar pelo básico. Você tem todos os números nas mãos? “ Quem não mede, não gere, morre”.

O mínimo que você deve saber é o quanto entra por dia, por semana, por mês e ano, ou seja, o faturamento bruto, a receita.

E mais, por pessoa; quanto cada funcionário fatura individualmente. E os gastos, ou seja, suas despesas e seus custos (os fixos e variáveis).

Incrivelmente, uma porcentagem assustadora de microempresários ainda não sabe exatamente isto. E desta forma, não sabem o lucro!

Se você é um destes, sugiro começar a anotar tudo, especialmente em algum programa de software moderno. Sei de empresários que misturam contas de casa com consta de empresa.

Como vou cortar gastos se nem sei exatamente quais são? Não há regra de corte de gastos. Cada empresa funciona diferentemente, com idiossincrasias.

Todavia, existem indícios, alguns pontos em comum, e que podem ser usados de maneira geral.

A principal é que o empresário precisar “arbitrar” quanto aos gastos, isto é, ser claro que se vai cortar gastos, que se quer aumentar lucro, que doravante todos os números serão pesquisados e todos saberão. Lá vem outro mito da cabeça de muitos microempresários: o de ter medo de divulgar o faturamento. Quanto mais sua equipe souber o que se gasta e arrecada, mais eles contribuirão para o lucro. Se acredita que não, você tem gente errada na sua equipe! Sugiro repensar sua forma de contratação.

Quando os colaboradores sabem que seu “patrão” é competente e justo, eles o respeitarão. O problema é quando sabem que o patrão é autoritário, cotrolador, terrorista e incompetente. Aí não existe liderança para aumentar lucros.

Ter lucro significa ter dinheiro para investir em novos equipamentos, em cursos, em MBAs, em novas contrações, em treinamentos constantes, em comunicação. Lucro gera crescimento da empresa. Sem lucro, continuaremos na mediocridade.

A ideia do lucro deve ser alicerçada na cabeça do dono do negócio, como um mantra, para depois passar para a equipe, que deve se engajar. Numa segunda etapa, executar as ações concretas para aumentar os lucros, com prazos e responsabilidades definidas. Veja o artigo na próxima edição.

Marco Antonio Gioso
FMVZ-USP

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here