Home Comportamento Como gerar empatia pelo cliente?

Como gerar empatia pelo cliente?

0
Compartilhe
Veja como gerar empatia pelo cliente e fazer toda a diferença.

Como gerar empatia pelo cliente? Bem. A empatia é extremamente importante no atendimento ao cliente. É a melhor forma de fazer com que ele seja visto não só como um comprador, mas um ser humano, um indivíduo com uma história, sentimentos e emoções.

Mas e na sua empresa? Como você vê esse tipo de componente afetivo? Ele ocorre entre seus colaboradores e seus clientes? Você sabe como gerar empatia pelo cliente? Saiba que a falta de empatia torna muito mais fácil para o cliente optar pelo concorrente. Mesmo que tenha que pagar mais pelo mesmo produto ou serviço.

Por isso, listamos neste artigo algumas dicas interessantes para que os seus colaboradores desenvolvam a empatia pelos seus clientes e eliminem este fator de perda. Confira:

Solidariedade e empatia – coisas muito diferentes

Solidariedade, invariavelmente, é relacionada a envolvimento pessoal, altruísmo e boa vontade. É importante eliminar este sentimento do mundo dos negócios e deixá-lo apenas na esfera pessoal, onde é muito mais importante e proveitoso.

Solidariedade ultrapassa o sentimento de empatia. Este consiste em compreender o cliente e saber definir exatamente o que ele deseja. Um colaborador ou vendedor solidário toma para si as dores do cliente e coloca suas necessidades acima das da empresa. Isso é – para dizer o mínimo – péssimo para os negócios.

Entender como o cliente se sente é fundamental para trabalhar a negociação e evitar contrariá-lo, mas isso precisa ocorrer de modo sensato e sem ferir os interesses da empresa e do próprio funcionário. A empatia está mais relacionada à mediação e à compreensão do que a defender alguma causa. Faça com que os seus colaboradores pensem em como eles gostariam de ser atendidos.

como-gerar-empatia-pelo-cliente

É preciso bater várias vezes na tecla de que os clientes são pessoas com necessidades, sentimentos, emoções e que tem muito em comum conosco. Pensar em como você gostaria de ser atendido, ou o que faria com que você se abrisse para a empresa pode ser fator fundamental para alavancar os negócios e eliminar as perdas por atendimento falho.

Tratar o cliente pelo nome, prestar atenção no que ele tem a dizer e procurar conhecê-lo são atitudes que podem fazer toda diferença para a melhoria do atendimento.

Quem é o seu cliente?

Primeiro de tudo, definir o público que você atende é fundamental para prestar um excelente atendimento. Por isso, busque certificar-se que o seu cliente-alvo está bem definido e que seus funcionários o conhecem bem.

Quando você conhece alguém, sabe também quais são suas necessidades, desejos e frustrações e esse indivíduo torna-se previsível, de modo que você sempre pode se adiantar para oferecer o que ele deseja, como se fosse capaz de ler pensamentos. Além disso, mostre para a sua equipe a importância de ter um interesse genuíno em conhecer quem é o cliente.

Guia básico de atendimento

Definir algumas diretrizes de atendimento pode ser essencial para que os seus colaboradores tenham uma base sobre a qual trabalhar. Cada um deve atender do seu jeito, seguindo sua própria natureza.

Porém, é interessante que algumas técnicas de negociação e vendas sejam utilizadas de modo a tornar o atendimento mais eficiente. Permitindo assim que haja muito mais chances de resultar em bom negócio. Estude, aplique, teste e passe aos colaboradores um guia de atendimento que pode ser básico a princípio, ficando mais elaborado à medida que eles se sentirem à vontade para aplicar.

Agora você já sabe como gerar empatia pelo cliente, deixe seu comentário abaixo!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here